quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Pagar ou não a mensalidade do transporte escolar que vence em dezembro e janeiro?

Todas as mensalidades previstas no contrato devem ser pagas!


Não restam dúvidas de que o transportador escolar é um elemento de suma importância na concretização do direito constitucional de acesso à educação. Sem ele, muitas crianças não teriam acesso à escola. Além disso, transportar crianças e adolescentes neste trânsito cada vez mais violento é uma responsabilidade que os transportadores assumem e por isto também devem ser remunerados.

Ao contratar o transportador, no início do ano letivo, há uma confiança mútua entre os pais e o transportador. Os pais confiam que fizeram a escolha certa e esperam que o transportador realizará o transporte da melhor maneira possível. E o mais importante: confiam seus filhos a eles! Por outro lado, o transportador acredita que os pais/contratantes cumprirão com sua parte, efetuando o pagamento das parcelas em dia.

Geralmente, os transportadores de escolares adotam a mesma sistemática das escolas particulares. Cobram uma anuidade, dividida em até 12 parcelas mensais, com a última vencendo no mês de dezembro ou janeiro.

Quanto ao pagamento da anuidade das escolas, não há nenhum questionamento sobre sua legalidade. Todos pagam a mensalidade que vence em dezembro, inclusive, pagam também a matrícula. Em relação ao transporte escolar, alguns pais são insensíveis. Quando chega o final do ano letivo, quando o transportador cumpriu integralmente com sua obrigação, alguns pais, se esquivando de cumprir com a sua, perguntam: "Mas tem que pagar dezembro? Janeiro?" Isto é um absurdo, dizem. Como pagar por um mês que não tem aulas?



Ei, por que não perguntaram isto quando assinaram o contrato? O contrato prevê anuidade.


Os pais/contratantes devem ter, no mínimo, consideração com aquele que transportou seus bens mais preciosos durante todo o ano, com o maior carinho e atenção, e efetuar, sem qualquer questionamento, o pagamento de todas as mensalidades previstas no contrato.

O argumento de que não devem pagar porque não há transporte em dezembro é frágil e não prospera. (editado em 05/02/13: O MPDFT já se manifestou a respeito da matéria. Veja aqui).


Nas escolas, também não há aulas em dezembro e janeiro. E, mesmo assim, há parcelas vencendo em dezembro e janeiro (a matrícula)! E isto é lógico. É da característica do serviço. Ninguém contrata serviços educacionais ou de transporte escolar por apenas um mês, dois meses, etc. Em ambos os casos, a contratação é feita para todo o ano letivo (salvo raríssimas exceções).


Portanto, os pais devem efetuar o pagamento de todas as parcelas previstas no contrato. E de preferência, antes do natal. Afinal, os transportadores também merecem comemorar, com seus familiares, mais um ano de missão cumprida.

Importante ressaltar que o transportador escolar mantém a família dele com o que recebem dos pais, pelo serviço prestado. Se não receberem o pagamento, o transportador escolar (que transportou o maior patrimônio de uma família), não terá como cuidar de seus próprios bens mais preciosos, ou seja, sua família. Se o pagamento não for feito, ele terá sérias dificuldades financeiras para chegar até o mês de fevereiro, início das aulas do ano vindouro. E mais: se o pagamento não for feito, os pais, indiretamente, estarão incentivando a realização de transporte clandestino no período de férias, período em que o transportador deveria descansar. Se não descansar, a segurança do transporte no próximo ano letivo estará comprometida. Pensem nisto. Paguem logo. Cumpram o que está no contrato.

Transportadores, lembrem-se: façam contrato escrito, estabelecendo uma anuidade e o número de parcelas em que esta anuidade deverá ser paga. Da mesma maneira como fazem as escolas.

O Ministério Público do Distrito Federal já disse que a cobrança em doze parcelas é legal. Veja aqui.


Fazendo assim, evitarão os problemas de final de ano.

Visitem o site: www.escolarlegal.com.br e veja maiores informações.

161 comentários:

  1. Concordo plenamente, e vale lembrar que é no mês de Janeiro que mais gastamos com nossos veículos. É nessa data que trocamos pneus, fazemos revisões, reparamos bancos estragados, pintura avariada, vistórias técnica e DETRAN, pagamos IPVA DPVAT etc.
    Aqueles que reclamam do pagto, se esquecem que recebem 13 salarios por ano e trabalham só 11 meses. Pois 01 mês é férias merecidas e o 13º é uma bonificação.
    Será que os que transportam o BEM MAIS PRECIOSO que eles possuiem, NÃO MERECEM SER BONIFICADOS?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu amigo depende do que o Pai trabalha no meu caso sou Detetive Particular e o forte do meu trabalho e ate meados de novembro dai em diante não aparece uma pulga se quer nem decimo terceiro eu tenho

      Excluir
    2. que lindo , vou mandar minhas contas pra vc pagar tb ,
      iptu , ipva , aluguel , agua , luz , etc,..... ja pensou eu ter que pagar especial por um serviço que nao esta me contribuindo em nada , pq nao tem aulas e ter que pagar , pq , o dono do transporte tem que pagar suas contas , haaa me poupe

      Excluir
    3. Se não tem condições de pagar um transporte escolar que é uma merreca simples não contrate o transporte vá a pé ou leve no lombo.
      acho que a pessoa tem que ter vergonha na cara e pagar suas dívidas honestamente.

      Excluir
    4. Quem é honesto e descente paga as dívidas em dia agora quem é safado caloteiro sem vergonha sempre vai ser.
      Mas essas pessoas não prosperam nunca saem da m.

      Excluir
    5. O fato é. ... o serviço foi pago nos meses de serviços prestados. Mais a partir do momento q nao a mais a necessidade de utilizar o transporte nao a porque pagar por dezembro e janeiro. Manutenção. ...isso e problema de vcs....conclusão cobrança indevida...isso nao é ser honesto cobrar por serviço nao prestado . Isso é zoio gordo e tirar proveito .

      Excluir
    6. O fato é. ... o serviço foi pago nos meses de serviços prestados. Mais a partir do momento q nao a mais a necessidade de utilizar o transporte nao a porque pagar por dezembro e janeiro. Manutenção. ...isso e problema de vcs....conclusão cobrança indevida...isso nao é ser honesto cobrar por serviço nao prestado . Isso é zoio gordo e tirar proveito .

      Excluir
    7. Concordo com você....e esta história de que é parcelado é invenção que muitos utilizam para enrolar o povo brasileiro....e ainda tem gente que credita.....

      Excluir
    8. Concordo, o valor das mensalidades já devem constar para os meses que não há o serviço prestado.
      Lamentável

      Excluir
    9. se eu não trabalhar por um mês não receberei pagamento e sou demitido por justa causa ou abandono de emprego, se eu quiser receber meu pagamento mensal terei que trabalhar sem faltar um dia, deveria ser assim com o transportador escolar. Sinto que sou lesad
      o mas.....

      Excluir
    10. Tenho uma dúvida, contratei o serviço por um ano de janeiro a dezembro. Entrei pagando a primeira parcela. Em janeiro mesmo, mas agora o motorista disse que apesar do contrato terminar em dezembro devo pagar por janeiro novamente, isso é correto?

      Excluir
    11. Experimentem pagar um táxi ou uber para levar e buscar vossos filhos 200 dias letivos por ano.
      Aí saberão que assim como o serviço destes profissionais tem um custo mínimo para estarem a disposição dos usuários, o transporte escolar também tem despesas, responsabilidades, e nem um tipo de abono no fim do ano e nem garantias de que o seu salário permanecerá o mesmo pelo ano todo...
      Gente!
      É ridículo dizer que por não ter aula não devem pagar, pois isso já foi aceito de comum acordo no momento da contratação do serviço.
      Quando você mora em uma cada alugada o proprietário do imóvel lhe dá desconto no aluguel caso você passe um mês fora de casa viajando?
      A seguradora do seu carro lhe dá descontos caso seu carro fique na garagem sem uso por um determinado mês?
      Seu plano de saúde desconta os meses que você não utilizou do serviço médico?
      Então!
      Tudo isso foi aceito por você no ato do contrato firmado.
      Aí depois bate uma aminésia você some com o contrato e diz que não tem obrigação de pagar por um mês só porque o mesmo é de férias escolares.
      Engraçado que pago mil e duzentos reais de mensalidade na escola por meses de férias mais a matricula e não reclamo...

      Excluir
    12. A manutenção que é feita em janeiro é referente ao ano que passou o ano que a criança usou, nada mais justo do que entregar para a próxima turma do proximp ano um carro revisado.

      Excluir
    13. Concordo com o pagamento do ano inteiro ,mas décimo terceiro não é bonificação é valor pago por semanas a mais trabalhadas durante o ano .

      Excluir
    14. No meu caso meu filho foi dispensado da perua no começo das aulas, porém quero saber se ela deveria me devolver a mensalidade de janeiro

      Excluir
  2. O maior erro dos transportadores é definir mensalidade, o texto quer emocionar dizendo, se escolas cobram porque eles não podem cobrar? Seguindo essa lógica, se eu uso onibus pra trabalhar todo mes, o mes que saio de férias preciso enviar dinheiro a empresa de transporte? Uso avião para o trabalho, o mês que não usar tenho que pensar nos documentos e impostos que a Tam paga, me sensibilizar e enviar dinheiro pra eles para cobrir o valor do mÊs? Sem noção.
    Quando é definido anuidade, eu concordo, a exemplo, levo seu filho por mil reais e divido em 12, ok, concordo, agora cobrar por mes e querer cobrar um mes não trabalhado é muita inocencia, por isso da margem para os pais reclamarem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você não precisa enviar dinheiro pra empresa porque esses meses você já pagou, foi incluído na sua passagem por isso não precisa pagar mais.
      A questão é, você paga 1.000 em 10x ou 1.000 em 12x

      Excluir
  3. pode parar o mundo que eu quero descer o brasileiro é um eterno palhaço sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O brasileiro não é um eterno palhaço, só, é um sempre espoliado, até por esse meio de negócio (transporte escolar) que já começa a ter espertinhos (spoliators)

      Excluir
    2. Explique, Se puder, claro! Senão, sua opinião não merece crédito. Apesar de respeitá-la.

      Excluir
  4. Chamar os pais de insensíveis também já é demais; o fato de deixar meu bem precioso, meus filhos, é questão de necessidade; confiar mesmo, não confio em ninguém além de mim e a minha esposa. Não é questão de insensibilidade, é questão de lógica. No mundo dos negócios, ninguém se sensibiliza comigo se eu tive problemas em casa, problemas de saúde, etc, e fiquei sem dinheiro pra pagar alguma conta; a compania de energia não fica sesibilizada e deixa de cortar a energia; o mesmo pra água, impostos, etc; não tem essa de ser sensível não. Já gastamos demais com muita coisa. Me desculpem, mas esse é um texto para tentar explicar o inexplicável através de "sensibilização".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez a palavra correta não seja 'insensíveis'. Mas enfatizamos que é necessário cumprir o contrato. Se há a previsão de pagamento em onze, doze parcelas, isto tem que ser respeitado. Seja ou não sensível. Confie sou não. Contratou, usou? pague!

      Excluir
    2. Condordo Plenamente! Nao é nada sério ou profissional, ao contrário, tentou apelar pra alguma culpa. Fez "chantagenzinha" com os sentimentos de pais. Nao faz o menor sentido pagar por um serviço que nao está sendo prestado!! Prefiro dividir "1.000 em 10x", como disse nosso amigo ali em cima, do que em 12. Pelo menos sei que estaria pagando somente no mês que realmente estiver utilizando o serviço. (Diga-se de passagem, sem nota fiscal o motorista da creche do meu filho, me dá)

      Excluir
    3. Moro aqui em Mongaguá já cansei de ver perucas escolares vir aqui abarrotadas de gente fora das aulas em dezembro e janeiro está aí a incógnita dos valores das Férias Kkkkkkk

      Excluir
    4. Se o transportador ficar doente os pais nem ficam sabendo pois ele trabalha da mesma forma, se vcs tem gosto com remédios ou algo do tipo isso cai diretamente sobre ele pois a primeira coisa que vcs deixam para depois é a mensalidade deles.

      Excluir
  5. E no caso de usar so alguns meses do ano, como fica? Usei apenas 3 meses o transporte escolar e o motorisata quer que eu pague a de dezembro integral, isso esta certo, ou deveria ser proporcional?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O contrato deve ser respeitado. Se não houve contrato, o transportador deveria ter avisado quantas parcelas seriam cobradas. Se não avisou, uma conversa com aquele que confiou para o transporte de seus filhos resolverá a questão.

      Excluir
  6. o transportador é profissional liberal ou não? as escolas tem seus funcionarios contratados por isso cobram mensalidades sou cabeleireiro e devo cobrar o corte de cabelo de meus clientes no mes que eles não foram cortar? Acho um abuso dos transportadores cobrarem por serviços não prestados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não porque VC paga seus funcionários por cabelo feito não por mês

      Excluir
    2. Abre um processo contra o transportador e vera quem ganha.
      Nas férias o transportador n fica deitado sem fazer nada, ele deve fazer a manutenção da van que muitas vezes anda o ano todo em bairros esburacados e olha que pagamos para andar nesses chaos esburacados pagamos o imposto de subsolo, devem regularizar os documentos, fazer exames para não se surpreender com uma doenca no meio do ano porque a de nós ficar doente e nao ir trabalhar a de nós deixar nossas vans sem manutenção e ela quebrar no meio da rua e não irmos trabalhar no dia seguinte.
      E se vcs dizem que não tem nada a ver com esses gastos me responda quem tem? Pois quem e meu contratante é vc.
      As pessoas ficar com o boleto o ano todo na mao porquê nao tira um tempo para ler as clausulas.

      Excluir
  7. Não é profissional liberal. Os transportadores também contratam seus funcionários. Leia o texto novamente. Acho que não entendeu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por gentileza, vc poderia me informar qual o percentual do preço cheio que normalmente é cobrado para quem utiliza o transporte para apenas IDA OU VOLTA?

      Excluir
    2. Se contrata funcionario que pague vc. afinal o funcionario é do transportador ou dos pais?

      Excluir
    3. Isso Raimundo. Igual qualquer negócio. E os custos são repassados aos consumidores. Funciona desde jeito.

      Mas se quiser dar o calote, dê. Ao transportador caberá tomar as medidas que entender necessárias. Simples.

      Excluir
  8. Depende da política de preços do transportador. Creio que 75% do preço de ida e volta é razoável, uma vez que na volta o lugar poderá ficar desocupado, trazendo prejuízos.

    ResponderExcluir
  9. Vejo que o autor é que esta sendo insensível, uma grande maioria dos transportes não são empresas e sim pessoas que resolveram trabalhar transportando nossos filhos ao contrário de uma escola é uma prestação de serviço diferenciada, inúmeras taxas nós pais também temos de pagar e ninguém também tem sensibilidade vcs até poderiam cobrar os meses não utilizado mas não em valores integrais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não há cobrança de meses utilizados, mas sim do serviço em todo ano letivo em 12 parcelas. Isso se consta no contrato. Difícil entender isso? Se sim, melhoro o artigo.

      Excluir
    2. Corrigindo: de meses NÃO utilizados...

      Excluir
    3. Celso,

      Infelizmente seu texto apenas peca por tomar uma direção de mão única, não vendo o lados dos pais.
      Não foi questionado, por exemplo, em que o autonomo de transporte se baseia para determinar o valor a ser cobrado. Em que este se baseia quando aumenta o valor do transporte? Por que transportes de diferentes modelos ou condições fisicas, cobram o mesmo valor? Entrei em contato com o sindicato dos transportes escolares em minha cidade, e o que foi me repassado, é que não há uma tabela de valores instimados a cada região ou tipo de transporte(Kombi ou Van). Quem determina o valor é próprio autonomo. Neste caso, os pais viram refens, de preços abusivos sem poder questionar por ter um parametro em que se baseiar, concorda?

      Excluir
    4. Prezado anônimo: os transportadores, sejam autônomos ou empresas, calculam os preços com base nos custos dos insumos. Transportador escolar não é escravo. Tem que ganhar para sobreviver. Sabia que o custo para entregar um documento (motoboy) é maior que o preço do transporte escolar?

      Excluir
    5. Ola boa tarde gostaria de tirar uma duvida .
      Eu andei recebendo vários bilhetes do colégio do meu filho pir conta de atrasos .
      E quem leva é a perua escolar .
      Ja conversei com o transportador mas não ten resolvido muito e essa semana ele esqueceu meu filho na escola a escola fica longe e não tenho como ir buscar sou totalmente dependente do transporte .
      Estou trocando de transporte por insatisfação do serviço.
      O mesmo de outubro esta pago e ele quer me cobrar novembro sendo que no início do mês meu filho não ira mais utilizar o transporte .
      Eu acho a cobrança indevida até pq estou trocando por insatisfação por ele não garantir o que diz no contrato de pontualidade e responsabilidade .

      Excluir
    6. Ola boa tarde gostaria de tirar uma duvida .
      Eu andei recebendo vários bilhetes do colégio do meu filho pir conta de atrasos .
      E quem leva é a perua escolar .
      Ja conversei com o transportador mas não ten resolvido muito e essa semana ele esqueceu meu filho na escola a escola fica longe e não tenho como ir buscar sou totalmente dependente do transporte .
      Estou trocando de transporte por insatisfação do serviço.
      O mesmo de outubro esta pago e ele quer me cobrar novembro sendo que no início do mês meu filho não ira mais utilizar o transporte .
      Eu acho a cobrança indevida até pq estou trocando por insatisfação por ele não garantir o que diz no contrato de pontualidade e responsabilidade .

      Excluir
  10. Eu não pago o mês de Janeiro. Já pago julho (férias) e dezembro que geralmente vai só até o dia 08, depois as aulas acabam.

    Então com o empresário de perua que se organize com suas despesas para o mês de Janeiro, pois com o que economiza em Julho e nos dias sem aulda de dezembro deve dar muito bem pra suprir os gastos de janeiro que não há nem um dia sequer de aula, ou seja, não há gastos com gasolina, óleo, etc...

    A escola precisa pagar funcionário (diversos deles), água, luz, reformas, manutenção, etc... Ou seja o gasto das escolas é invariavelmente maior do que de donos de peruas, sendo que na escola é que a criança passa a grande parte do tempo e onde mesmo é que o gasto se faz maior. A perua me cobra quase metade do valor que pago pra escola, mesmo eu morando a 2 KM da escola. Só não levo e não busco por estar trabalhando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O MPDFT já se manifestou a respeito: http://www.escolarlegal.com.br/2012/02/e-legal-cobranca-de-transporte-escolar.html

      Excluir
    2. CONCORDO PLENAMENTE COM O CELSO. AQUI NA MINHA CIDADE COMEÇARAM A COBRAR UMA TAXA NO MÊS DE JANEIRO, DIZENDO QUE A MESMA É PARA SEGURAR VAGA NA VAN. É UM ABSURDO, PORQUE AS VANS ESTÃO COBRANDO POR MÊS 170,00 E MAIS 100,00 DESSA TAXA. SE ALGUÉM PUDER ME ORIENTAR QUE AUTORIDADE DEVO PROCURAR, AGRADEÇO.

      Excluir
    3. CONCORDO PLENAMENTE COM O OMAR. AQUI NA MINHA CIDADE COMEÇARAM A COBRAR UMA TAXA NO MÊS DE JANEIRO, DIZENDO QUE A MESMA É PARA SEGURAR VAGA NA VAN. É UM ABSURDO, PORQUE AS VANS ESTÃO COBRANDO POR MÊS 170,00 E MAIS 100,00 DESSA TAXA. SE ALGUÉM PUDER ME ORIENTAR QUE AUTORIDADE DEVO PROCURAR, AGRADEÇO.

      Excluir
    4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    5. é nesse período que o dono da van tem mais despesa, pois é nesse período que a van pode ficar maior tempo parada para fazer manutençao em tudo, é nesse período que se paga ipva...
      Eu trabalho nesse ramo, sou monitora de van escolar, e continuo recebendo meu salario. Entao quando você entrar de férias seu patrão não pode pagar seu salario, porque você não vai trabalhar. É justo pensar assim.

      Excluir
    6. É nesse período que também mais gastamos com matricula escolar, material escolar, uniforme. E outra, não sou patrão de motorista de van, por isso não devo pagar por uma "suposta" ferias. Seria justo então, pagarmos somente os dias usados no mês de julho e dezembro, onde eles recebem sem trabalhar.

      Excluir
    7. comecei a pagar perua escolar para meu filho em agosto,o dono da perua me deu um carne para pagar ate janeiro ,paguei ate dezembro ,porque meu filho nao vai usar a partir de janeiroÉ CERTO EU PAGAR se eu nao pagar o que pode caontecer?

      Excluir
    8. comecei a pagar perua escolar para meu filho em agosto,o dono da perua me deu um carne para pagar ate janeiro ,paguei ate dezembro ,porque meu filho nao vai usar a partir de janeiroÉ CERTO EU PAGAR se eu nao pagar o que pode caontecer?

      Excluir
    9. Quando vão contratar uma vam escolar, querem que o veiculo esteja em boas condições e que o filho seja embarcado na porta de casa, desembarque na porta da escola, este por si só irá sentado com assento garantido, não pega chuvas, não sentará ao lado de estranhos (adultos) só terão companhias da mesma idade e muitas vestes só dá mesma escola...
      O valor dessas vans estima-se por volta de cem mil reais e devem ser trocadas por volta de 10 anos...
      A manutenção dessas vans mesmo estando novas não custam menos que 600 reais ao mês chegando até 1000 reais em alguns modelos, o combustível gasto ao mês por volta de 1000 reais também, fora algum tipo de eventualidade caso o veículo necessite de dias de manutenção em período de aulas emplicarão em aluguel de outro veículo que custa a por volta de 200 reais por dia.
      Isso tudo sem contar o danos causados pelos próprios alunos.
      Somando tudo isso e considerando que tem um limite de lotação e que muitos não chegam a concluir todos os meses do contrato.
      Quanto sobra para o salário do transportador que geralmente ganha de 4 a 6 mil bruto?
      E ainda tem que pagar imposto de renda sobre isso!

      Excluir
    10. O transportador escolar ganha em média de 4 a 6 mil por mês.
      Somem todas as despesas que uma vam gera no decorrer do ano e vejam quanto sobra como salário. Uma vam tipo Ducato Fiat ou Sprinter Mercedes.
      Pneus 4 por ano = R$2500,00
      Combustível por mês R$1200,00
      Seguro obrigatório anual R$480,00
      Vistorias Detran anuais R$250,00
      Suspensão troca anual R$2000,00
      Seguro do veículo anual R$3500,00
      Toca de óleo e filtros R$350,00 X 4 ao ano.
      Freios (pastilhas, lonas, discos e fluidos)R$500,00
      Sem contar gastos extras com
      injeção,danos na tapeçaria causados pelos alunos entre outros...
      Sem contar que não há garantias que você complete a lotação da vam durante o ano todo.
      Façam as contas e vejam quanto sobra para o salário do transportador que sobrevive disso, tem que fazer papel de educador e babá por muitas vezes...
      Aí deste se não fizer alguns bicos por fora pra sobreviver.
      Mas se além.de tudo isso ainda houver dúvidas porque o transporte escolar cobra por uma anuidade dividida em 12 meses.
      Compare então com o preço da passagem de ônibus coletivo, táxi, ou uber para levar seu filho para escola 22 dias por mês...

      Excluir
  11. Absurso, fiquei sabendo em pleno dezembro que tenho que parar por algo QUE NAO USO. Nem o procom aceitaria isso!!! Eu nao posso pagar por algo que nao me é avisado previamente é contra a lei. Cada um defende o seu interes proprio, me expliquem porque tenho que pagar para alguem. Ficar 2 meses deitado sem fazer nada, teria que pelo menos usar o transporte. É meu direito como. Consumidor, nao pagar por aquilo que nao uso. E ponto!

    ResponderExcluir
  12. nao concordo de maneira nenhuma ter que pagar por um serviço na qual nao esta sendo prestado , hoje dia 16 de dezembro , minha filha ja nao tem especial mesmo tendo aula ate o dia 20 , é um absurdo ainda me cobrar o mes todo por uma coisa que nao sera feita ,
    entao que cobre proporcional aos dias de serviço prestado , quando o proprietario do especial que tem que pagar por ipva como li ai em cima , eu consumidora nao tenho nada a ver com isso , tenho minhas contas tb para pagar , agora vou descontar o que tenho que pagar em outra pessoa ????? eu hen , cada uma ,

    ResponderExcluir
  13. O MPDFT já se manifestou a respeito: http://www.escolarlegal.com.br/2012/02/e-legal-cobranca-de-transporte-escolar.html

    ResponderExcluir
  14. No meu caso é ainda pior, depois de utilizar os serviços de uma van escolar por 5 anos, meu filho não vai mais utilizar pq mudou de escola, e como vi aqui muitas pessoas se manifestarem dizendo que o serviço é cobrado por 12 meses, e tenho certeza que os mesmo devem fazer parte da mesma corja, então pergunto aos mesmo, é justo pagar o transporte escolar mesmo que a criança não vai continuar utilizando no próximo ano?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se não pode pagar o serviço que é parcelado em 12 vezes, não contrate! E seu linguajar chamando as pessoas de corja demonstra seu "digníssimo caráter"

      Excluir
    2. Quando você paga por um curso de inglês, informática, ou até mesmo academia de forma parcelada aonde caracteriza-se um pacote de seviços, mesmo que você desista continuará pagando as parcelas que foram creditadas em seu cartão.
      Correto!
      Caso contrário se o pagamento for mensal de forma avulsa (sem um contrato de trabalho) o preço com certeza será bem maior.
      Mas quando se fala em um preço maior pelo transporte avulso, ninguém quer...
      Optam logo pelo contrato anual, porém depois se esquecem que concordaram com o contrato e simplesmente não querem pagar por meses de férias que já estavam cientes que teriam que pagar...
      Assim fica muito fácil né!
      Quer dizer que o tempo, o trabalho e a responsabilidade e o investimento do condutor não custa nada né!
      Simplesmente caem do céu!
      Se for pagar só pelos meses que Bc precisa fica cômodo para os responsáveis pelo aluno, porém o valor que querem pagar não sustenta os meses sem serviço.
      E aí!
      Quem irá querer assumir tamanha responsabilidade para chegar nos meses de férias ficar sem salário?
      De acordo com os índices de despesas que uma vam escolar gera, era para ser cobrado no mínimo 250,00 reais pelo aluno com menor distância em torno de 2km.
      Pois o ônibus coletivo que não tem conforto nenhum e muito menos segurança, cobra aqui em São Paulo 170,00 reais por mês mesmo que seja pra andar por três quarteirões.
      Então aos que acham absurdo o que pagam pelo transporte dos filhos, reflitam não como pagadores, mas sim como empreendedores!

      Excluir
  15. A taxa de matricula pode ser cobrada em perua escolar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim pode, pois deve ser cobrada em qualquer mês do ano!
      Pois se não fizer isso tem pais e responsáveis que só procuram o transporte no terceiro ou quarto mês porque convém.
      Se não houver um compromisso desde os primeiros dias do ano ou uma taxa de matricula o serviço se torna inviável.

      Excluir
  16. Gostaria de saber se em caso de mudança repentina eu tenho que pagar a mensalidade de julho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você só comunicar em julho, pode ser que sim.
      Tudo dependerá do bom relacionamento que você tem com o seu transportador.
      Já tive casos em que eu não cobrei, tudo é uma questão de respeito, bom relacionamento e uma boa conversa.

      Excluir
  17. Concordo que o contrato deve ser cumprido, pois existe um valor X parcelado em doze vezes. Mas e quando não há contrato porque o motorista não é profissional habilitado com carteira D, não possui van, e sim carro particular comum, sem nem uma cadeirinha nem trava de segurança nos vidros etc. ? Nesse caso, em que a pessoa reluta em assinar um contrato com os pais, que são pessoa física, por também ser pessoa física, e não profissional autônomo habilitado? E acaba trabalhando assinando recibo de mensalidade por serviços prestados de mês em mês? Nesse caso acredito que não cabe cobrança dos meses não trabalhados, concorda? Ass: Gabriella Capanema.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nesse caso acho uma irresponsabilidade sem tamanho por parte dos pais que contratam esse serviço irregular.

      Excluir
  18. Outra pergunta: pretendo fugir da informalidade e contratar em 2015 um serviço de transporte oficial, com van e motorista habilitados para tal mediante contrato de prestação de serviços com o valor cobrado dividido em doze vezes. Caso o motorista apresente atrasos e / ou faltas injustificadas (sem atestado) constantes, posso deduzir isso da parcela do mês seguinte e até mesmo rescindir o contrato e cobrar multa? Pois pretendo colocar essas cláusulas no contrato que viermos a assinar e acho justo. Ass: Gabriella Capanema.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode e deve deduzir. Se for frequente, rescindir o contrato sem pagamento de multa rescisória

      Excluir
  19. Oii Celso, no meu caso meu filho começou a ir à escola de transporte escolar em 24 /02 /14 sendo que irá utilizar o transporte só até novembro, pois ano que vem não irá frequentar essa escola, sei que as férias de julho e dezembro tenho que pagar. A pergunta é :Vou ter que pagar também o mês de Janeiro, sendo que em novembro a matricula será cancelada?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem que ver o que o contrato diz sobre isso. Ele, o contrato, tem que ser respeitado por ambos.

      Excluir
  20. Não vejo nada de abusivo na cobrança em 12X. Pelo contrário, prefiro pagar 12 parcelas menores do que 10 mais altas. Se no fim das contas o valor anual contratado será o mesmo não importa quantas parcelas forem, qual é a diferença prática nisso? Penso que quem trabalha diariamente no caos violento do transito se responsabilizando pela vida dos filhos dos outros merece é muito mais do que isso. Pelo menos para mim a segurança das minhas filhas no trajeto escolar diário não tem preço, passo até fome se for preciso mas na segurança delas não economizo. Pelos céus, se as pessoas não valorizarem sequer os serviços de profissionais que se responsabilizam pela vida de seus filhos, seus bens mais preciosos, vão valorizar o que então?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário sincero e consciente.

      Excluir
    2. Ainda se tem pessoas que reconhecem a responsabilidade de um verdadeiro profissional de transportes, pois aquele que é profissional se responsabiliza pelos serviços prestados e acima de tudo pelas vidas que carrega. Emilia Camargo, pelo seu comentário, acredito que vc seja uma pessoa correta e de bom caráter!!!

      Excluir
    3. O problema é deixar isso claro no contrato. O valor de 1200,00 sera dividido em doze parcelas de 100,00 reais entre os meses de janeiro a dezembro do ano corrente.
      Agora voce vai contratar o prestador de serviço, fala assim é 120,00 por mes. O que se deduz que o valor é mensal e não uma parcela de um valor cheio. Então a conta é simples pago pelo mes que usar 120,00. Se ao contratar o serviço houvesse de ambas as partes a concordância, o contrato, mesmo que verbal, deveria ser cumprido.

      Excluir
  21. Boa noite,

    Conforme percebido e citado por muitos, o texto original é tendencioso, unilateral e sustentável por argumentos frágeis e emocionais.

    O fato de haver um contrato, não necessaraimente significa que seu conteúdo esteja correto e alinhado a boas práticas e ética, haja vista o grande volume de ações na justiça.

    Se a pessoa estiver desprovida de qualquer interesse secundário no assunto, naturalmente, se surpreenderá com o fato de haver uma cobrança por um serviço não prestado ao longo de 3 meses no ano (Janeiro, Julho e Dezembro).

    Não repetirei os argumentos favoráveis a tal cobrança (serviço anual contratato e parcelado etc.) mas, tudo isso seria facilmente evitável se houvesse uma cobrança proporcional ao período utilizado.

    Existem outras categorias profissionais que cobram um "valor extra" ao final do ano sob alegações igualmente frágeis, obrigando os clientes a aceitarem muitas vezes devido a vários aspectos. Mais uma praxe, senão ilícita, ao menos pouco ética.

    O serviço de transporte nção pode ser comparado a um serviço educaional, independentemente de sua importância e outros aspectos de caráter subjetivo e emocional, pois o transporte é mais suscetível a transitoriedade, volatilidade por razões variadas enquanto que a escola do filho dificimente sofrerá mudanças ao longo do ano.

    E senão bastasse isso, tem ainda a famosa "taxa de reserva" que, na sua essência, tem um fundamento apesar de existirem meios mais claros e éticos de assegurar que ambas as partes não sejam prejudicadas. O interessante é quando você paga uma taxa de reserva para uma van que anda boa parte do seu tempo abaixo da metade de sua capacidade operaciona, ou seja, mais vazia do que cheia. Afinal de contas, o que está tentando assegurar ?

    Bom, claro que posso provocar reações bem adversas mas, é preciso uma reflexão mais profunda sobre os fatos e esquecer-se de interesses próprios, pois somos clientes em outros assuntos neste país e diariamente somos lesados de alguma forma em muitos serviços.

    Quanto a questão de manutenção, prestadores de serviço sendo pais de família etc etc. Todos nós, conforme claramente dito por outros, também somos e temos inúmeras despesas, portanto, os argumentos se anulam. Cabe ao profissional prestador de serviço se planejar adequadamente e valorar seu serviço de forma a contemplar todos os custos, riscos e lucro envolvidos, tudo isso de forma clara, objetiva e honesta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Questão simples de resolver. Peça ao transportador para dividir o custo anual do serviço em nove parcelas.

      Excluir
    2. Concordo plenamente!

      Excluir
  22. E quando se paga o ano inteiro e o transporte se recusa a levar no período de recuperação, em dezembro? O que nós, pais, fazemos? Pagamos de novo? Isso está acontecendo comigo. Isso é justo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Necessário ver o período do transporte contratado. Alguns contratos não incluem o período de recuperação, uma vez que é impossível prever se o aluno usará o transporte nesse período.

      Excluir
    2. Falou besteira, se contratei por 12 meses, logo no período de recuperação o serviço não pode ser interrompido. Existe um contrato de prestação de serviço por 12 meses e a recuperação é considerada parte do período letivo.

      Excluir
  23. ridiculooo esse textoo!!! estou com muita raiva!!! e quando a van nao aparece buscar seu filho p levar p escola e nem da explicaçao e ainda vem cobrar dezembro q nao usou kkk brasileiro é otario mesmo affff esse texto ridiculo foi escrito por uma pessoa q transporta só pode isso nao existe... quem vai me dar dinheiro pq eu tenho q pagar minhas cosntas??? minha obrigaçao de pagar eu ja fiz todos os meses q usei e julho tbm!!se o transportador tem despesas em dezembro problema dele eu tbm tenho e nao vou cobrar ninguem por isso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Contrate o serviço que lhe for melhor ou que vc conseguir pagar e que fique acertado a prestação deste serviço por meio do Contrato, desde o começo, para ninguém se fazer de desentendido e cada um cumpra sua parte, muito simples e aquele que não cumprir que pague pela falta do cumprimento!

      Excluir
  24. Discordo Tha Vieira. O texto não é ridículo. Nem os comentários.

    Não fique com raiva. Cumpra e exija o cumprimento do contrato. Simples assim.

    ResponderExcluir
  25. Olá gostaria de saber se no caso de desistência do serviço de transporte escolar é realmente necessário o pagamento de multa. Isso sem começar a utilizar o serviço?

    ResponderExcluir
  26. Necessário verificar o que diz o contrato. Se o serviço foi contratado por telefone, pode cancelar até 7 dias sem pagamento de qualquer multa.

    ResponderExcluir
  27. NA MINHA CIDADE A COBRANÇA DA CONDUÇÃO COMEÇA A PARTIR DO MÊS QUE COMEÇA AS AULAS COMO ESSE ANO DE 2015 FOI DIA 03/02, COM ISSO TIVE QUE PAGAR NO DIA DO INICIO DAS AULAS A MENSALIDADE DO MÊS DE FEVEREIRO ANTECIPADA DO SERVIÇO DE TRANSPORTE, COMBINANDO COM O TRANSPORTADOR TODO DIA 5 DE CADA MÊS, SENDO QUE DIA 5.03 JA SERÁ PAGO A 2 PARCELA QUE SE ESTENDE ATE DEZEMBRO CUJO DA UM TOTAL DE 11 PARCELAS DO ANO SENDO NO MEU ENTENDIMENTO DAS 11 UMA SER COMO BONIFICAÇÃO, JÁ QUE AQUI NO MÊS DE JULHO NÃO TEM AULA E A DO MÊS DE DEZEMBRO SÓ SE ESTUDA 10 DIAS, ENTÃO SERVE COMO REFERENCIA PARA PAGAMENTO DE DESPESAS, POIS SOBRA APENAS 9 PARCELAS EFETIVAMENTE CUMPRIDAS NA SUA INTEGRA.

    ResponderExcluir
  28. Ish. Esse Celso autor da matéria é claramente um perueiro escolar. Isso é serviço, você paga o que usa. Dezembro e janeiro os donos de Vans Escolares vão fazer seus carretos ou de férias para praia e o pai tem que bancar o custo da gasolina e depreciação do bem (Van), bem como seus lucros sem usar o serviço???? kkkkk só esses plalhaços donos de vans comentando aqui para ganhar a razão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lógico que precisamos VC acha que não e certo, então como VC não trabalha no mês de férias TB não deveria receber, e pq VC acha justo receber décimo terceiro salário?
      Quem VC acha que paga esses valores? A empresa em que VC trabalha? Ou as pessoas que consomem o que a empresa fábrica? Acha que e fácil ser transportador vai fazer esse serviço pra VC ver.
      E quem e legalizadi não pode fazer uso do veículo para fretes.

      Excluir
    2. Todo prestador de serviços é TRABALHADOR, e presta seus serviços com Contrato, a não ser que vc é daqueles que utiliza serviços ilegais para querer pagar mais barato, e se ainda não viu ainda verá que o barato sai caro... talvez vc não dê a mínima importância pela vida daquele que está sendo transportado, pleo jeito pra vc tanto faz! E chamar os outros de palhaços, demonstra seu "caráter"... quando precisar de um serviço de um trabalhador qualificado, fale para ele tudo que vc pensa antes de contratar os seus serviços...

      Excluir
    3. Gostei a melhor resposta daqui é do Eliel, sou ex ajudante de perua escolar e concordo!

      Excluir
  29. Releia o texto. Você não entendeu.

    ResponderExcluir
  30. Queria saber se os dias q a pirua falta posso descontar da mensalidade ? E como faço o calculo do desconto ?

    ResponderExcluir
  31. OLA gostaria de saber se no mês de junho e julho se pagar porque o meu filho só estudou 9 dias ate dirá as férias de são João e o transporte mim cobrou e tem dias que ele não vem buscar o meu filho e ainda chega muito atrasado e que posso fazer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A resposta está no contrato. No que vocês acordaram. Se o transporte não está sendo realizado, cabe rescisão do contrato, sem penalidade.

      Excluir
  32. Então cancelo o serviço no mês de outubro e sou obrigada a pagar até dezembro??? Que lindo. Fica esperando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Veja o que consta no contrato sobre cancelamento. O mesmo deve ser respeitado por ambos contratantes.

      Excluir
    2. É justamente isso q esta acontecendo comigo o transporte do meu filho atrasa sempre e essa semana meu filho fou esquecido na escola pelo transporte .
      Estou mudando de transporte por conta de insatisfação o mês de outubro esta pago ele quer me cobrar novembro sendo que meu filho já não irá no dia 30 de outubro .
      Ja encerrei con o transporte e ele insiste que eu tenha que pagar .a escola me ligou no dia do ocorrido a perua veio buscar em casa para levá lo para escola mas não foi buscar tive que ir buscar meu filho na escola no outro dia o transportador disse que a escola tinga ligado pra ele e ele disse que não poderia voltar la para buscar meu filho e que era para ligar pra mim para ir buscar.
      Estou muito insatisfeita com o serviço.

      Excluir
  33. Eu não concordo! Não tem que pagar o mês de férias não, se for pra pagar a van tem que ficar a minha disposição durante as férias. E tem mais, os motoristas aproveitam e ganham em uma viagem o que os pais pagam durante o mês, ai os pais ainda tem que pagar sem utilizar o serviço? ta errado, não tem que cobrar nada, tem que cobrar so o serviço prestado.

    ResponderExcluir
  34. concordo em pagar dezembro mas e janeiro se minha filha nao vai mais ano que vem pq tenho que pagar????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é muito facil falar em contrato....se aproveitando de uma necessidade de pais que não tem como levar os filhos par escola....o contrato que deveria se adequar aos seus cliente de forma justa e honesta.

      Excluir
  35. Primeiro estamos pagando pelo trawsporte de casa pra escola de escola para casa,em janeiro nao ha escola isso se chama extorçao,onde ja se viu pagar escolar no mes de janeiro onde nao ha aula??? que absurdo e esse pahar por um serviço que nao sera realizado????

    ResponderExcluir
  36. Primeiro estamos pagando pelo trawsporte de casa pra escola de escola para casa,em janeiro nao ha escola isso se chama extorçao,onde ja se viu pagar escolar no mes de janeiro onde nao ha aula??? que absurdo e esse pahar por um serviço que nao sera realizado????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Releia o texto e cumpra o contrato.

      Excluir
    2. concordo com você é extorsão sim.....essa história de parcelas é conversa para enrolar o povo e se aproveitar da necessidade dos pais....

      Excluir
  37. Site fulero esse... cobrança indevida. Cobrança por serviço nao prestado e crime.

    ResponderExcluir
  38. Se eu não for mais utilizar o transporte por que meu filho vai mudar de escola e a perua em questão não atende a escola que ele vai estudar.
    Além de eu ter que pagar dezembro que é o ultimo mês vigente de contrato o transportador quer cobrar Janeiro pra cancelar a perua (sendo que o mesmo diz que não entrega meu filho na escola nova). É falta de sensibilidade minha ou do transportador? Eis a grande questão.

    ResponderExcluir
  39. EU PAGO PARA USAR! EU JÁ COMECEI PAGANDO! O MEU VENCIMENTO É TODO DIA 11. ESTOU ACREDITANDO QUE O MEU MOTORISTA USOU DE ESPERTEZA COMIGO. DISSE Q TINHA UMA PRESTAÇÃO P PAGAR E PEDIU PARA EU PAGAR ANTES. PAGUEI NO DIA 09/12/15. EU TRABALHAREI ATÉ DIA 23/12 E PRECISARIA Q ELE CONTINUASSE LEVANDO O MEU FILHO PARA A BABÁ. AGORA ELE VEIO ME DIZER Q AS ESCOLAS ENTRARÃO DE FÉRIAS E Q ELE VAI TRABALHAR SÓ ATÉ ESTA SEXTA,EXATAMENTE NO DIA 11/12. E AÍ EU PERGUNTO: ELE RECEBEU UM MÊS E VAI TRABALHAR SÓ UM DIA? O QUE FAÇO AGORA?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No ano passado contratei o serviços de uma perua pro meu filho fizemos um acordo verbal de 12 meses paguei a primeira parcela em Janeiro antes do serviço começar a ser prestados e todos os meses seguintes até Dezembro. Esse ano o rapaz da Pirua veio me cobrar outra parcela me informando q estava em débito com ele questionei q honrei meu compromisso com ele o ano passado pagando a ele as 12 parcelas q combinamos e que esse ano nao iria precosar mais dos serbicos dele. ele me disse q eu estava errada q o contrato dele é de fevereiro a fevereiro do outro ano então expliquei q ele fechou um acordo comigo em Janeiro é começou contar desde então porquê eu paguei pra ele Janeiro na hora q fechamos o acordo ai ele me disse ñ é assim q funciona na sua empresa vc ñ recebe 13 salário respondi q sim mais isso estar no contrato e em nenhum momento o senhor me informou q eu teria que li pagar 13 parcelas apenas 12 quando fechamos o acordo é é paguei as doze parcelas. Gostaria de saber se realmente existe esse acordo de perua q o contratante tenha q pagar 13 salário para o perueiro? Eu não paguei porque fui informada dessa cláusula do nosso acordo verbal no fim do mesmo é não no início do acordo

      Excluir
    2. Não pode haver descumprimento do acordado. Nem por um nem por outro. Não há norma que preveja pagamento de 13º salário para prestador de serviço. Nem obrigatoriedade. 13º é para empregados, apenas.

      Excluir
  40. BOM DIA, minha dúvida é já que o transporte foi feito a partir da segunda quinzena de junho e as aulas acabaram em novembro, o transportador não no me deu contrato nem recibos dos pagamento mensais foram dados. O que devo fazer ?

    ResponderExcluir
  41. No ano passado contratei o serviços de uma perua pro meu filho fizemos um acordo verbal de 12 meses paguei a primeira parcela em Janeiro antes do serviço começar a ser prestados e todos os meses seguintes até Dezembro. Esse ano o rapaz da Pirua veio me cobrar outra parcela me informando q estava em débito com ele questionei q honrei meu compromisso com ele o ano passado pagando a ele as 12 parcelas q combinamos e que esse ano nao iria precisar mais dos serviços dele. ele me disse q eu estava errada q o contrato dele é de fevereiro a fevereiro do outro ano então expliquei q ele fechou um acordo comigo em Janeiro é começou contar desde então porquê eu paguei pra ele Janeiro na hora q fechamos o acordo ai ele me disse ñ é assim q funciona na sua empresa vc ñ recebe 13 salário respondi q sim mais isso estar no contrato e em nenhum momento o senhor me informou q eu teria que li pagar 13 parcelas apenas 12 quando fechamos o acordo e que paguei as doze parcelas. Gostaria de saber se realmente existe esse acordo de perua q o contratante tenha q pagar 13 salário para o perueiro? Eu não paguei porque fui informada dessa cláusula do nosso acordo verbal no fim do mesmo é não no início do acordo então não teria como honrar um compromisso que não assumi com ele.

    ResponderExcluir
  42. Continuo com problemas com o rapaz da pirua hoje ele veio a minha casa e disse q janeiro de 2015 eu paguei pra eles as férias de 2014 pois em 2014 fiz um contrato com ele do mês de maio a Dezembro e ele disse q por isso sou obrigada a pagar as férias dele de janeiro de 2015 e que como paguei as férias dele de 2014 estou devendo férias de 2015 que devo pagar agora em janeiro de 2016 peguei o contrato dele li pra ele q o contrato dele tem vigência até Dezembro do ano em q foi assinado mesmo assim ele não concorda e diz que eu devo é não quero pagar ele até me fez ameaças de que tem uma advogada que estar a par da situação fiz questão de falar com a advogada dele liguei pra ela é expliquei a situação a mesma disse que não era responsável pelo contrato dele e que já tinha explicado que é apenas cumprido o q estar no contrato e que essa cláusula não estar no contrato dele. Ele não aceitou e continuou me causando de dever a ele é não pagar queria me obrigar a fazer um acordo com ele é pagar as férias dele de janeiro de 2016 deixei o mesmo ciente que como não foi o q combinamos não iria pagar.estávamos na porta de minha residência e ia passando uma Pessoa que já contratou os serviços dele ele a parou na rua e contou a situação pra essa pessoa e me acusou de dever e não pagar na minha frente ja tinha avisado a ele que se me acusasse eu o processaria e ele fez isso na minha frente no meio da rua com várias testemunhas como ja disse antes tivemos apenas um acordo verbal e cumprir todo o nosso acordo agora estou pensando seriamente em processalo por calúnia,difamação e tudo que o meu advogado achar que devo pois pra mim foi muito humilhante o que ele fez na porta da minha residência.
    Gostaria de saber existe algum contrato de pirua que vc alem de pagar as ferias do ano em que vc contratou o servico ainda tenha q pagar as férias de janeiro do próximo ano letivo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite sou transportadora escolar a e o contrado é 12 parcelas de fevereiro a janeiro do ano seguinte, esse transportador que recebeu janeiro antecipado está errado por isso que confunde a cabeça dos Pais e muitos acham que a gente é esperto eu não aceito o dinheiro quando o Pai vem me pagar a primeira parcela em janeiro só aceito a partir de fevereiro mas entendo esse tio uns é pq é muito esperto mesmo e outros pq está desesperado é conta vencendo e também ter que sustentar sua casa é muito difícil neste momento estou desesperada pq me programei juntei dinheiro o ano todo para não passar sufoco mas meu carro quebrou no final do ano uma pequena peça que custou 1000,00 e ainda tive que pagar minha funcionária décimo salário décimo terceira que ela merece e ainda tive que fazer manutenção do carro para voltar em segurança quando começar as aulas tenho família um bebê de seis meses que tem muito custo 1 lata de leite por semana que custa 33,00 cada e meu filho de 5 anos que estuda em escola particular porém tenho que pagar a escola também nas férias pq é justo além disso tenho que de qualquer Forma levar eles para passear pq fiquei cuidando dos filhos dos outros o ano inteiro e agora é a hora de eu dar atenção só para eles que então por favor não nós juguem mas sim tentam entender que não somos bandidos somos profissionais bandidos estão na cadeia e nós trabalhadores pagam mais que 12 parcelas para sustentalos.

      Excluir
    2. Boa noite sou transportadora escolar a e o contrado é 12 parcelas de fevereiro a janeiro do ano seguinte, esse transportador que recebeu janeiro antecipado está errado por isso que confunde a cabeça dos Pais e muitos acham que a gente é esperto eu não aceito o dinheiro quando o Pai vem me pagar a primeira parcela em janeiro só aceito a partir de fevereiro mas entendo esse tio uns é pq é muito esperto mesmo e outros pq está desesperado é conta vencendo e também ter que sustentar sua casa é muito difícil neste momento estou desesperada pq me programei juntei dinheiro o ano todo para não passar sufoco mas meu carro quebrou no final do ano uma pequena peça que custou 1000,00 e ainda tive que pagar minha funcionária décimo salário décimo terceira que ela merece e ainda tive que fazer manutenção do carro para voltar em segurança quando começar as aulas tenho família um bebê de seis meses que tem muito custo 1 lata de leite por semana que custa 33,00 cada e meu filho de 5 anos que estuda em escola particular porém tenho que pagar a escola também nas férias pq é justo além disso tenho que de qualquer Forma levar eles para passear pq fiquei cuidando dos filhos dos outros o ano inteiro e agora é a hora de eu dar atenção só para eles que então por favor não nós juguem mas sim tentam entender que não somos bandidos somos profissionais bandidos estão na cadeia e nós trabalhadores pagam mais que 12 parcelas para sustentalos.

      Excluir
  43. Quanta patifaria li aqui do autor e dos integrante motorista (diga-se de passagem nenhum foi digno de dizer que realmente é uma ação complicada) somente querem receber e pronto. Vi o autor fazer um textinho pobre e apelativo, mesquinho. Seja mais profissional. No certo vc é um perueiro ou um agente de sindicato que somente visa a ganancia. Perueiros não tem 13° ? poxa, vão procurar um emprego registrado, para verem se querem. Ou estão nesta profissão porque não tiveram oportunidade na vida ? A vai se lascar, vitimizados, Vim falar que em janeiro é o mês que mais tem dividas em manutenção ? porra muda de vida, vai ser empacotador de supermercado... Quando vc contrata o serviço já paga adiantado, ou seja; quando completa um mês vc já esta pagando a segunda parcela, com um único mês de uso. Chega em dezembro vc já cumpriu 12° parcelas, sendo que em dezembro as aulas já param antes da metade do mês. Mas de boa, eu paguei a tal parcela agora em janeiro, vcs merecem carregam nosso maior bem precioso, não ? hipocrisia...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pena que foi postado por um anônimo. Sem coragem para aparecer? Isto tem nome: covardia.

      Excluir
  44. Boa noite sou transportadora escolar e estou aqui neste momento lendo tudo isto e me sentindo um nada a maioria das profissões são respeitadas e tem lei para que respeite e a nossa não para ver que quando vamos preencher uma ficha tem todas as profissões menos transportador escolar, então vou falar um pouco como funciona o contrato e um pouco que passo, o transporte escolar e dividido em 12 parcelas iguais de fevereiro a janeiro do próximo ano os Pais tem direito de dividir em menos parcelas é só conversar com condutor com certeza ele irá aceitar, então como muitos falaram e programei o ano inteiro para não passar sufoco neste mês de janeiro mas como nada é previsto no nosso ramo meu carro quebrou algumas vezes no ano devido ruas mal feitas com muitos buracos nossos carros não aguentam muito mas a pior foi justamente no final do ano tive que pagar 1000,00 em uma pequena peça tirando a mão de obra tenho filhos um de 6 meses que preciso comprar leite toda semana que custa 33,00 a lata o de 5 anos pago escola particular que o boleto vem todos os meses e não posso simplismente falar que não acho justo e vou deixar que pagar além disto preciso passear com meus filhos pq cuidei dos filhos dos outros o ano inteiro e agora preciso me dedicar aos meus filhos e isso tem custo, precisei também pagar minha funcionária dezemo terceiro e o salário de janeiro pq é lei e foi muito merecido pq não é fácil cuidar de criança mesmo que seja pouco tempo nós cuidamos deles com muito carinho para evitar brigas, etc eu vi todos esses comentários e me senti mal pelas pessoas que fizeram comentários absurdos sobre nós fica parecendo que a gente é bandidos VC já parou para penssar que VC paga mais que 12 parcelas para sustentar um bandido na cadeia que matou estrupou e roubou nós trabalhamos e não é fácil lidamos com a maioria das coisas mais estressantes da vida então por favor deus fez cada um diferente para um ajudar o outro não para simplismente falar o problema é seu.

    ResponderExcluir
  45. O contrato do transporte escolar funciona do mês que a criança entrou até janeiro do próximo ano e a partir de fevereiro VC renova ou não o contrato

    ResponderExcluir
  46. acho um absurdo pagar antecipado e ter que pagar no ultimo mes se ja tem um mes pago isso e extorção

    ResponderExcluir
  47. acho que o governo tinha que pagar o decimo salario deles se e obrigatorio ,eles nao contribuem com inss? entao

    ResponderExcluir
  48. só pago o mes de janeiro se eu for usar no ano seguinte?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alguns contratos sim.
      Tudo depende do contrato.

      Excluir
  49. Pra isso tem.junho e um.pouco de dezembro so o meu esposo trabalha a questao nao pagar certo e sim pelo o preço e ser pago por algo q nao estar sendo ultilizado. Ja pagamos dois meses julho e dezembro

    ResponderExcluir
  50. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  51. Eu não concordo em pagar o mês de janeiro
    O mês de dezembro tudo bem acho justo mas janeiro não
    Nos já estamos com lista de material escolar pra comprar ainda ter que pagar por um serviço que não está sendo prestado não concordo tem que rever isso cadê a lei que fiscaliza isso
    Eu não tenho decimo terceiro só recebo pelo dia que trabalho se eu ficar doente passo nessecidade pois não tenho ajuda de ninguém
    Por isso não estou de acordo tem que rever isso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso tem que ser dito no início do contrato. Tomar esta decisão após o serviço ter sido prestado, não é de bom tom.

      Excluir
  52. Uma dúvida... concordo que tem que pagar pelos meses de férias.. porém os meus filhos têm aulas normais nesses períodos pois estudam em escolas de idiomas, não reconhecidas pela MEC. Nesses casos, o motorista da van deles, além de cobrar o mês cheio desse período, quer cobrar adicional de 70% (valor com desconto!!!) por realmente ter que trabalhar!!! Isso 2x por ano! Essa informação procede???

    ResponderExcluir
  53. Eu só sei que os condutores dos carros combram por isso mais tem que ver se o carro dele está legal na lei e o motorista também porque na lei existem várias exigência como tem que levar um número de passageiros carro com faixas motorista com CNH D muitos deles estão fora da lei do lado que é o certo mais querem cobrar a lei deles se eles está errado em termos não falo todos os que está fora da lei de transporte escolar

    ResponderExcluir
  54. Eu só sei que os condutores dos carros combram por isso mais tem que ver se o carro dele está legal na lei e o motorista também porque na lei existem várias exigência como tem que levar um número de passageiros carro com faixas motorista com CNH D muitos deles estão fora da lei do lado que é o certo mais querem cobrar a lei deles se eles está errado em termos não falo todos os que está fora da lei de transporte escolar

    ResponderExcluir
  55. minha filha tbm não vai mais usar a perua ano que vem,acho correto pagar dezembro e nao janeiro sendo que vou ter que pagar a outra perua que ela vai,pois ela vai pra outra escola.

    ResponderExcluir
  56. Kkkkkk Brasil, um país de tolos! Serviço anual parcelado?! Para né! Isso é prestação de serviço, sendo assim, pago o que uso. O espertão do "transportador" veio com um contrato fraudulento e unilateral achando que eu iria aceitar. Aqui não neném! Risquei as clausulas abusivas e refeis o contrato.
    Só é bagunçado assim pq tem pais que aceitam essa ladainha sentimental.
    "Transportadores" é simples assim: Trabalhou, ganha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O transportador não deveria aceitar o que você fez. Se aceitar, é um tolo. Se o pai não aceita as condições contratuais, procure outro. Simples assim. Transporte de crianças não pode ser bagunçado assim não, uai. Pena que comentou como anônimo...

      Excluir
    2. Celso Ferreira, vejo que sua pessoa é incapaz de visualizar de maneira branda e clara a questão imposta, sabendo que quando se fala em custos pesa tanto para pais, quanto ao lado das peruas escolares.O Sr. CELSO FERREIRA, não tem obrigação nenhuma quanto aos modos de tratar com as pessoas, porém deve estar ciente que cada palavra dita ou escrita pode ter sérios problemas futuros (processos), sendo que de modo desnecessário essa eventualidade pode ocorrer e ocasionar mais problemas quanto aos que o sr. relata que já tem em gastos com sua profissão.

      Se tratando de parcelas divididas em 12 meses já está claro, que , essas parcelas devem ser cumpridas devidamente, fundamentada no contrato anual assinado pelos pais, deixando bem claro e explícito desde o início. Vendo que se está no contrato, deve aos pais atentar-se as cláusulas contratuais e não responsabilidade do contratado para esse dever.

      É dever do contratante ( os pais), cumprir com o combinado (contrato), e extinguindo qualquer tipo de problemas "desnecessários". Em contra partida das cobranças, os pais tem o direito de solicitar documentações necessárias para o cumprimento do dever e execução do transporte escolar,documentação essa fundamentada no DENTRAN OU DENATRAN, e os encargos e taxas previstos no artigo 6°, III, do código de defesa do consumidor.

      Fica o alerta e importância, o ententamento e entendimento, da parte do contratante ( Pais) as cláusulas contratuais, os direitos e deveres se estabelecem por lei, e não fundamentadas em sensibilidades por umas das partes, ou ambas.

      Excluir
  57. Ata , um texto feito por um pirueiro !!
    Sua obrigação deixar o carro de transporte escolar com manutenção em dia é não dos pais , isso seria pagamento abusivo , já q muitos q dirigem os carros escolares usam tbm como carro de passeio !!
    Se não tem argumento para cobrança chula não faça textão !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O contrato é que determina o que deve ser pago. Não o 'textão'. O problema é que há os pais maus pagadores, que se recusam a cumprir o contrato, assim como há os maus transportadores, que não exigem a assinatura dos pais no ato da contratação. Obrigado pelo comentário.

      Excluir
  58. Boa tarde, em janeiro/2017 fiz o deposito do serviço prestado conforme faço desde 2015, apos o deposito o dono do transporte falou que iria me mandar um contrato de prestação de serviço referente 2017 (minha filha se forma esse ano , entao ira estudar ate dez 2017) seria pago 12 meses corretamente, mas no contrato que ele me mandou ele coloca de 02/2017 a 01/2018 , sendo que ja foi feito o deposito ref a janeiro/2017. Conversei com ele , e ele me avisou isso um dia antes de começar as aulas e disse se quiser e assim se nao... como devo agir em ralação a isso, devo procurar o Procon?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite. O pagamento feito em jan/17 não seria referente ao transporte de 2016? Veja isto no contrato. Se for, está correto. Se for ref ao transporte de 2017, o transportador está errado.
      Saudações.

      Excluir
  59. Aos pais q estão ai reclamando, é simples vcs lêem o contrato se não concordarem com as condições de pagamento, leve seus filhos para escola

    ResponderExcluir
  60. Olá contratei uma van com tudo certinho em fevereiro de 2017 e hoje minha filha me disse que a Tia da Van,trata ela mal.Gostaria de saber se tenho que pagar as Férias a vencer caso haja rescisão ?(junho e Dezembro)pois existe esta cláusula no contrato!?
    Faz só um mês de contrato,pago as ferias de julho? Ou a Dezembro também?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Se a rescisão for por culpa do transportador, não pode ser cobrada nenhuma multa por rescisão

      Excluir
  61. Meu filho vai de Van até ter q pagar as ferias tudo bem... Mas meu filho ainda vai para creche nas ferias de julho, mas a van disse que vai para... isso pode acontecer? o fato é que além de pagar a Van vou ter que pagar outro trasporte para locomove-ló até a escolinha. 2 gastos. affs

    ResponderExcluir
  62. Faço o transporte do meu filho com o mesmo transporte a três anos, ficamos acertados desde o início 11 mensalidades, de fevereiro a dezembro! Ele tem a consciência que em janeiro e época de mais gastos com a criança devido a compra de material escolar!

    ResponderExcluir
  63. Que texto horrível, apelando para a emoção, bem precioso, para questionar algo que não tem fundamento. As escolas precisam trabalhar na férias, todo um ano pedagógico precisa ser planejado. E os motoristas de van??? precisam elaborar novas rotas? cursos de reciclagem?? o que mais? me deixe viu... Você deve cobrar o valor que seja necessário para se suprir dentro do mês em que não vá trabalhar e decido se vou pagar ou não aquele valor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não contrate. Simples assim.

      Excluir
    2. Verdade,em Minas só se cobra 11 mensalidades,as pessoas não veem o gasto que temos,reclamam de pagar férias,querem pagar só os dias rodados,isso é absurdo,desgasta a gente demais,o pior é que com o aumento do transporte ilegal estamos sendo cada mais precionados pelos pais que näo tem pingo de consideração,agora conforto eles sempre querem né,não a psicológico que aguente

      Excluir
  64. Usei transporte escolar por mais de dois anos,no ano de 2018 não irei mais utilizar, quero saber se pagando até dezembro, terei que pagar janeiro???

    ResponderExcluir
  65. Também acho um absurdo ter que pagar por cervicos que não são prestados.. Eu particularmente falando pago escola material gente desempregada tento me equilibrar com uma merreca de dinheiro mas não deixo de cumprir minhas obrigações mas pagar nos de julho dezembro e janeiro é complicado.. Quando trabalhamos fixados pegamos férias e quando voltamos não tem dinheiro lá a escola partícula ela tem mensalidades porém são valores passados para nós pais ao todo e são divididos.. Os pirueros param três meses em um porra ele ganham muito em nossas custas... Mas sou a favo de dar o dinheiro em dezembro e em janeiro mas em julho não acho justo... Dezembro porque é final do ano e eles tem tem família janeiro para revisão do veículo agirá julho deveriam dar férias aos pais né..

    ResponderExcluir
  66. Infelizmente as pessoas acham que o transporte escolar é um serviço apenas de transporte mas está muito além disso,é um serviço que é prestado pelo condutor e monitora que por sua vez pegam a criança na porta de cs e deixam na escola,ônibus não faz isso!Além da responsabilidade que precisam ter.Os pais deveriam ser mais gratos com as pessoas que transportam seus filhos e pararem com essa ironia de que se não trabalharem não devem receber,isso é absurdo, ninguém está sendo pego de surpresa não, quando contatam o serviço sabem muito bem de suas obrigações,agora no final do ano que já não precisam mais querem desconversar e tratar a pessoa que trabalhou pra vc durante o ano todo como cachorro.O pai que não estiver satisfeito com o transporte escolar coloca seu filho dentro do ônibus sozinho e manda ele descer no ponto pra ver se alguém vai levá-lo até a escola,já que a classe dos escolares pra vcs não valem nada

    ResponderExcluir
  67. Infelizmente as pessoas acham que o transporte escolar é um serviço apenas de transporte mas está muito além disso,é um serviço que é prestado pelo condutor e monitora que por sua vez pegam a criança na porta de cs e deixam na escola,ônibus não faz isso!Além da responsabilidade que precisam ter.Os pais deveriam ser mais gratos com as pessoas que transportam seus filhos e pararem com essa ironia de que se não trabalharem não devem receber,isso é absurdo, ninguém está sendo pego de surpresa não, quando contatam o serviço sabem muito bem de suas obrigações,agora no final do ano que já não precisam mais querem desconversar e tratar a pessoa que trabalhou pra vc durante o ano todo como cachorro.O pai que não estiver satisfeito com o transporte escolar coloca seu filho dentro do ônibus sozinho e manda ele descer no ponto pra ver se alguém vai levá-lo até a escola,já que a classe dos escolares pra vcs não valem nada

    ResponderExcluir
  68. NO MEU CASO NÃO FOI ASSINADO UM CONTRATO APENAS TRATAMOS VERBALMENTE EU E A TIA DA VAN, O QUE MAIS ME DEIXOU CHATEADA É QUE ELA RECEBEU O MES DE DEZEMBRO COMPLETO E SIMPLESMENTE NO DIA SEGUINTE DISSE QUE NÃO FARIA MAIS O TRANSPORTE POIS POUCAS CRIANÇA ESTAVAM INDO A ESCOLA, E EU COMO MÃE NÃO TIVE COM QUEM DEIXAR MEU FILHOS ME CAUSANDO UM TRANSTORNO. AS AULAS NA ESCOLA VÃO ATE DIA 20/12/2018 E NO DIA 11/12/2018 A TIA ME AVISOU QUE NÃO IRIA FAZER O TRANSPORTE MAIS, TENDO RECEBIDO O MES COMPLETO. QUAL OPINIÃO DE VCS? EU ACREDITO QUE ELA AGIU DE MA FE.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se foi combinado, mesmo verbalmente, e qualquer uma das partes não cumpre, está errado. Exija que a transportadora transporte de seus filhos, independentemente de quantos alunos tenham.

      Excluir
  69. Eu acho que você deve ligar na escola para saber se realmente está indo poucas crianças.
    Levei minha sobrinha na escola e as aulas vão ate dia 19 porem a escola estava vazia e ela iria ficar sozinha na sala então as professoras deu férias.
    Às vezes a tia passou pela mesma situação que eu

    ResponderExcluir
  70. Gostaria de uma resposta: O motorista estraga a veiculo e fica uma semana sem levar as crianças e não se importa por o transporte estragou é certo??? não e dever dele que arrume outros transporte pois os pais ja pagam o mês todo e muitos trabalham e n tem condições de faltar serviços para levar os filhos? mais uma pergunta paguei o mês de dezembro mais meu filho tem aula ate dia 19, simplesmente o motorista do transporte manda mensagem no watts informando que não passara mais pegar os alunos, pois 90% do alunos não tem mais aulas, eu paguei tudo certo e agora os últimos
    dias fico na mão?

    ResponderExcluir
  71. O transporte é um serviço autônomo. E autônomo só ganha quando trabalha. Se não trabalhou o mês, não deve receber.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O transporte escolar é um serviço autônomo sim,porém registrado pela prefeitura de sua cidade,isso gera custos pois,existem várias exigências a serem cumpridas como,vistorias semestrais,taxas,cursos de capacitação e manutenção do veículo para segurança das crianças.Não existe isso de não trabalhou não recebeu,um transportador de verdade que honra seu compromisso não deixa suas crianças na mão,se o carro quebrou ele aluga outro mesmo que isso possa lhe acarretar prejuízo,cumpre seu compromisso.Só que infelizmente estão existindo pessoas que estão generalizando,comparando os responsáveis com os irresponsáveis.O transporte escolar no meu estado recebe 11 mensalidades integrais,se seu filho foi 1 dia no mês de julho ou dezembro é cobrado integral.Nunca tive problemas quanto a isso,pois acho que se vc assinou um contrato no início do ano aceitando as condições e lhe foi prestado um bom serviço não cabe questionamento.

      Excluir
  72. Acredito que todos temos despesas extras...e se é previsto que em janeiro os transportadores tem as deles, ele tem que se organizar para ter o dinheiro em janeiro e não cobrar dos pais. Julho tudo bem...mas janeiro não concordo.

    ResponderExcluir
  73. Nao é uma despesa extra é uma despesa para entregar para proxima turma um carro em bom estado como foi entregue para turma do seu filho (a)

    ResponderExcluir
  74. Me ajudem a esclarecer uma coisa por favor. Quando entrei em contato com a condutora do transporte escolar do meu filho, a única coisa que combinamos foi o valor a ser pago no mês, e que o valor do primeiro mês era imediato e assim ela começaria a transportar meu filho, combinamos o horário e passei o endereço.
    Não foi dito nada sobre contrato e ou pagamentos nos mesês de férias e nem muito menos multa por não querer mais o serviço. Quando ela me cobrou o mês de julho (férias), fiquei surpresa pois não sabia que seria cobrado. Mais mesmo assim paguei, e novamente ela não me falou nada sobre contrato, enfim. Quando fui dizer a ela que não queria mais o serviço ela disse que eu estava quebrando o contrato e eu tinha que pagar uma parcela como multa, mais que quebra sendo que não assinei nada e não teve nem contrato verbal pois ela não me falou nada.
    Como devo agir nesse caso.

    Já lembrando se ouvesse contrato e eu soubesse de todas as cláusulas, que não foram me passadas, e eu tivesse aceitado eu não reclamaria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o caso clássico. Ao contratar qualquer tipo de serviço, é obrigatório um contrato, mesmo que verbal. Se não houve contrato, o transportador não pode exigir nada. Nem o consumidor obrigado a pagar qualquer coisa. Sempre orientamos que o transportador tenha um contrato, pois, o que é praxe, ou seja, o pagamento do transporte escolar também no mês de dezembro, mesmo que não utilize, os contratantes se negarem a pagar, alegando exatamente a ausência do contrato.
      Recomendo entrar em acordo com o transportador, afinal ele transportou seu filho durante todo o anos, sem qualquer intercorrências. Merece todo o respeito.

      Excluir

SEJA LEGAL. FAÇA COMENTÁRIOS CONSTRUTIVOS. RESPEITE A OPINIÃO ALHEIA. AJUDE A MELHORAR O CONCEITO DO TRANSPORTADOR ESCOLAR EM TODO O BRASIL. No final, todos ganham.

O autor deste blog reserva-se no direito de excluir comentários que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos, que possam ser prejudiciais a terceiros ou postados como anônimos. Textos de caráter promocional também poderão ser excluídos.